Quem tem doença pulmonar crônica pode fazer exercícios?

Se você sofre de uma doença pulmonar crônica e sente falta de ar, já deve ter se perguntado em algum momento:
1 – Posso exercitar-me ou devo evitar o exercício porque me deixa sem fôlego?
2- Como posso entrar em melhor forma e ter mais energia se eu estou com falta de ar toda vez que eu tento exercitar?
A reabilitação pulmonar pode ajudar a responder estas e outras questões.
Inscrever-se em um programa de reabilitação pulmonar pode reduzir sua falta de ar e aumentar sua capacidade de se exercitar. Você pode já ter ouvido que a reabilitação pulmonar é
somente para pessoas com DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica). Agora sabemos que pessoas com outras doenças pulmonares, como hipertensão pulmonar e doença pulmonar intersticial, também podem se beneficiar. Se você, ou um ente querido, sofre de uma doença pulmonar crônica, como doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) ou fibrose pulmonar, há esperança de reconstruir a força e desfrutar de uma vida mais plena e ativa por meio da reabilitação pulmonar.
Esses programas são projetados para melhorar a função pulmonar, reduzir a gravidade dos sintomas e melhorar a qualidade de vida.

Mas o que é reabilitação pulmonar?

A reabilitação pulmonar é um programa de educação e exercício que ajuda você a gerenciar seu problema respiratório, aumentar sua resistência (energia) e diminuir a falta de ar. A parte de educação do programa ensina você a estar “no comando” da sua respiração, em vez de sua respiração estar no comando de você. Você aprenderá como controlar sua respiração com suas atividades diárias. As sessões de exercício são supervisionadas por uma equipe multiprofissional que prepara um programa de exercícios apenas para você.
Os exercícios começam em um nível que você pode tolerar (algumas pessoas começam a se exercitar sentadas e outras já conseguem fazer exercícios em uma esteira). A quantidade de tempo que você exercita aumentará com o tempo e o nível de dificuldade mudará com base em sua capacidade. Como seus músculos ficarão mais fortes, você ficará mais ativo com menos falta de ar e estará menos cansado.
Quanto tempo preciso ficar em um Programa de Reabilitação Pulmonar?
O tempo necessário para completar um programa de reabilitação pulmonar variará
dependendo de suas necessidades. Como a equipe do programa está constantemente monitorando seu progresso e aumentando seus exercícios de acordo com sua capacidade, participar de todas as sessões é importante. A maioria dos programas se reúne duas a três vezes por semana e os programas podem durar entre 4 e 12 semanas ou mais.

Como vou saber se a Reabilitação Pulmonar é indicada para mim?
Seu médico irá determinar se você se qualifica para reabilitação pulmonar por meio das seguintes estratégias:
• Avaliação de seu estado atual e de resultados mais recentes de função pulmonar (espirometria).
• Discutindo seu nível de atividade atual e sua capacidade de fazer as coisas que você quer fazer.
• Determinando sua disposição e capacidade de participar.

Os programas de reabilitação pulmonar são limitados a um número de pessoas que podem participar para que todos tenham uma supervisão rigorosa. Você será avaliado antes de iniciar o programa para garantir que não haja problemas que limitem sua capacidade de participar. Uma vez iniciado o programa, uma equipe de profissionais de saúde trabalharão com você para colocá-lo no comando de respiração.
O que vou aprender em Reabilitação Pulmonar?
Você aprenderá novas maneiras de respirar durante períodos de estresse e enquanto estiver ativo. Você vai praticar essas novas técnicas de respiração durante as sessões de exercícios. Durante a reabilitação pulmonar, você será testado em repouso e com exercícios para ver se o oxigênio pode ajudá-lo. Você aprenderá as razões pelas quais algumas pessoas com falta de ar usam
oxigênio e outros não precisam disso.
Você terá tempo para compartilhar preocupações e sucessos com outras pessoas que vivem com doenças pulmonares.

O que farei nas sessões de exercício?
Você pode imaginar que você não pode se exercitar quando apenas andar pela sala já te deixa sem fôlego. No entanto, existem exercícios que funcionam bem para pessoas com problemas respiratórios. O tipo e a quantidade de exercício que você fará dependerão do que você pode fazer agora e, à medida que se fortalecer, seus exercícios aumentarão. As sessões de exercícios começam com exercícios de alongamento ou aquecimentos, seguidos por exercícios para seus braços e pernas. Normalmente você vai fazer os dois exercícios para construir sua força e exercícios para construir sua resistência (resistência). Para aumentar sua força, geralmente são usados pesos e dispositivos de levantamento. Para a resistência, as atividades podem
incluir andar em uma esteira, pedalar em uma bicicletaergométrica ou andar em um corredor. A quantidade de tempo que você irá se exercitar depende do que você pode tolerar. Depois de frequentar a reabilitação pulmonar, os pacientes ficam frequentemente espantados com o quanto eles são capazes de se exercitar e o quanto observam melhora da falta de ar.

Como faço para encontrar um Programa de Reabilitação Pulmonar?
No Amazonas só existe um serviço de reabilitação pulmonar funcionando. A equipe atua no Hospital Universitário Getúlio Vargas. O atendimento é feito aos pacientes do SUS que fazem parte dos programas de doenças respiratórias do Ambulatório Araújo Lima.

Há estudos que mostraram alguns benefícios da prática de exercícios em casa sem supervisão, desde que previamente orientados por um profissional habilitado. Ainda assim, os resultados não são equiparados a resposta do Programa de Reabilitação Pulmonar.
O que acontece depois de eu terminar um programa de reabilitação pulmonar?
É muito importante que você continue a se exercitar depois de terminar seu programa de reabilitação ou perderá todo o benefício que ganhou. Antes de “se formar”, a equipe de reabilitação pulmonar projetará para você um plano de exercícios de longo prazo para você. Muitos programas oferecem um plano de “manutenção” para que você possa continuar a se exercitar com outras pessoas com problemas respiratórios.

Referências:

Am J Respir Crit Care Med Vol 188, P5-P6, 2013. www.thoracic.org

ATS Patient Education Series © 2013 American Thoracic Society.

Sente falta de ar ao se exercitar? Faça uma avaliação com um especialista em Pneumologia.

(92)981715630
Open chat
Mande um whats app
Powered by