Esclarecendo dúvidas: Vacina para Gripe em Alergicos a Ovo

O que pode ser considerado como alergia ao ovo? Quais são os sinais e sintomas de uma reação alérgica a ovos?

A alergia ao ovo pode ser confirmada por um histórico médico consistente de reações adversas após consumo de ovos e alimentos contendo ovos, além de testes de pele e / ou sangue para anticorpos de imunoglobulina E contra proteínas do ovo. Pessoas que conseguem comer ovos levemente cozidos (por exemplo, ovos mexidos) sem tem pouca probabilidade de serem alérgicas. As pessoas alérgicas ao ovo podem tolerar o consumo de ovo em produtos assados (por exemplo, pão ou bolo). Portanto, a tolerância aos alimentos contendo ovos não exclui a possibilidade de alergia ao ovo. As alergias ao ovo podem variar em gravidade.

Quão comum é a alergia a ovos em crianças e adultos?

A alergia ao ovo afeta cerca de 1,3% de todas as crianças e 0,2% de todos os adultos.

Sou alérgica (o) a ovo, mas posso comer ovos levemente cozidos. Posso tomar a vacina?

Se você for capaz de comer ovos levemente cozidos (por exemplo, ovos mexidos) sem apresentar reação, é improvável que você seja alérgico ao ovo, então poderá receber a vacina contra gripe.

Posso me vacinar contra a gripe se eu costumo ter urticária depois de comer alimentos que contêm ovo?

 As pessoas com história de alergia a ovo, que apresentem apenas urticária após a exposição, podem receber a vacina da influenza mediante adoção de medidas de segurança. Recomenda-se observar o indivíduo vacinado por pelo menos 30 minutos em ambiente com condições de atendimento de reações anafiláticas.

Posso me vacinar contra a gripe se já tive reações mais sérias à ingestão de ovos ou alimentos que contenham ovos, como alterações cardiovasculares, respiratória ou uma reação que necessitou o uso de epinefrina (adrenalina)?

Se você tem/teve reações mais sérias à ingestão de ovos ou alimentos que contenham ovos, como angioedema, desconforto respiratório, tontura ou vômitos recorrentes; ou que necessitaram de epinefrina (adrenalina) ou outra intervenção médica de emergência, a vacinação está contraindicada pelo Ministério da saúde do Brasil.
Já em atualização recente, publicada pelo American College of Asthma, Allergy and Imunollogy não houve evidência de ocorrências mais frequentes de alergia a vacina entre pessoas sem histórico prévio de alergias e pessoas com histórico prévio. Assim, fora do Brasil, já existe recomendação de administração da vacina mesmo nesse grupo. Por já haver essa evidência ciêntifica, caso o médico assistente recomende a vacinação, considerando situações de risco elevado de influenza e avaliando o risco benefício, o mesmo deverá fazer a indicação por escrito. Quando indicada nessas circunstâncias,  deve ser realizada nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), hospitais ou serviços de emergência com recursos materiais e humanos para manejar a ocorrência de reações de hipersensibilidade. Um cenário nem sempre fácil de se conseguir no Brasil.

Por que as vacinas contra gripe contêm proteína de ovo?

Atualmente, a maioria das vacinas contra a gripe é produzida usando um processo de fabricação à base de ovo (os fragmentos de vírus são propagados em ovos embrionados de galinha) e, portanto, contém uma pequena quantidade de proteína do ovo chamada ovalbumina.

Quanta proteína do ovo tem na vacina da gripe?

No Brasil, a vacina distribuída nas campanhas é produzida pelo Instituto Butantan e Instituto Butantan/Sanofi Pasteur-França, não havendo na especificação do fabricante a quantidade de ovalbumina presente no produto. Em registros de outros fabricantes, o Center for Diseases Control and Prevention relata que em geral a quantidade é ≤1 µg / dose de 0,5 ml.

Com que frequência a vacina contra a gripe pode causar reações alérgicas em pessoas com histórico de alergia a ovos?

Reações alérgicas podem acontecer, mas elas ocorrem muito raramente com as vacinas contra gripe disponíveis hoje. Em um estudo Datalink de Segurança de Vacinas, houve 10 casos de anafilaxia (reação alérgica grave) após mais de 7,4 milhões de doses de vacina contra a gripe inativada, trivalente (IIV3) administrada sem outras vacinas (taxa de 1,35 por 1 milhão de doses). A maioria desses casos de anafilaxia não foi relacionada à proteína do ovo presente na vacina.

Quanto tempo após a vacinação contra a gripe ocorre uma reação em pessoas com histórico de alergia ao ovo?

As reações alérgicas podem começar logo após a vacinação. No entanto, o início dos sintomas algumas vezes pode ser mais tardio. Em um estudo sobre segurança de vacinas entre os pacientes que apresentaram alguma reação, oito casos tiveram início de sintomas dentro de 30 minutos da vacinação, enquanto em outros 21 casos, os sintomas se iniciaram em até 01 dia após a vacina.
REFERÊNCIAS

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Informe Técnico: 20ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza. Brasília, abril de 2018.

CENTER FOR DISEASES CONTROL AND PREVENTION. Recommendations regarding influenza vaccination of persons who report allergy to eggs: Advisory Committee on Immunization Practices, United Sstates, 2017-2018 Influenza Season.

Matthew Greenhawt et al. Administration of influenza vaccines to egg allergic recipients: A practice parameter update 2017. Annals of Allergy, Asthma & Immunology. Jan 2018, vol. 120, issue 1, pages 49-52.

(92)981715630
Open chat
Mande um whats app
Powered by